dermatologista curitiba

Micose: o que é e como prevenir

O verão é a época em que se registra o maior aumento do número de casos de micose. Isso porque o calor, a umidade e o contato com a água do mar e da piscina são propícios para o aparecimento desse problema.

A micose é uma infecção causada por fungos e costuma aparecer em regiões como pés, mãos, virilha e couro cabeludo. “Esses locais apresentam condições ideais para a proliferação dos fungos, que se alimentam basicamente da queratina presente no couro cabeludo, unhas e pele”, explica a dermatologista Annia Cordeiro.

Na pele, os sintomas são o aparecimento de manchas vermelhas, descamação e coceiras. Em alguns casos o problema pode causar fissuras e rachaduras entre os dedos dos pés, por exemplo. Nas unhas, a micose pode torná-las amareladas, deformadas e doloridas.

Quando diagnosticada, a micose pode ser tratada com antifúngicos específicos na forma de comprimidos, sprays, cremes e loções. O tratamento dura de 15 a 20 dias, em média. Se não tratada, a micose pode tornar-se um problema mais grave. “Quando houver qualquer alteração na pele, o ideal é buscar ajuda de um profissional que irá identificar o tipo de micose. Se não tratada adequadamente, o quadro pode evoluir para infecções mais graves como a erisipela – infecção bacteriana que pode propagar-se pelos vasos linfáticos”, alerta a dermatologista.

Como a forma mais comum de contágio é pela umidade, há algumas dicas simples para prevenir:
– Evite ficar com roupas e ou trajes de banho molhados.
– Seque-se bem após o banho de mar ou piscina.
– Use chinelos mesmo inclusive em banheiros de clubes e academias.
– Evite usar calçados fechado no calor.
– Priorize roupas leves que facilitem a transpiração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *