Por que é fundamental que um profissional capacitado e treinado realize os procedimentos estéticos?

Segurança nos procedimentos dermatológicos

Segurança é fundamental para o bom resultado no tratamento

É importante falarmos sobre segurança nos procedimentos estéticos, porque temos visto muitas coisas erradas acontecendo, pessoas tendo complicações por falta de segurança, de técnica, de preparo.

Parece simples comprar uma seringa com ácido hialurônico ou um bioestimulador e injetar no rosto da pessoa como se ela fosse um balão que você está enchendo de ar.

Você não está simplesmente colocando alguma coisa no rosto dela, mas precisa saber exatamente, milimetricamente o ponto da injeção e quanto usar de produto.

É preciso saber exatamente o que se está fazendo.

Técnica apurada

Nós profissionais sabemos os pontos exatos para injetar produtos, de forma a evitar acertar algum vaso que tenha naquela região.

Nós sabemos onde passam as artérias principais, mas há variantes anatômicas. As pessoas não são idênticas.

Por isso é fundamental que o médico conheça a anatomia facial em detalhes e não corra o risco de injetar produto em uma artéria, por exemplo.

Isso pode levar a uma grande complicação, porque o preenchedor ou ácido hialurônico causa uma oclusão, ou seja, a artéria onde deveria passar o sangue é ocupada com produto e, assim, o tecido não pode ser irrigado corretamente.

Ajuda tecnológica

A tecnologia nos ajuda a minimizar ainda mais os riscos. A técnica é o mais importante, mas alguns artifícios podem nos ajudar.

Eu uso um equipamento que identifica todos os vasos presentes na região onde eu pretendo injetar algum produto.

Eu faço a marcação das áreas que eu pretendo tratar e verifico se tem um vaso maior que eu não gostaria de perfurar.

Se perfurar uma veia grande, isso causa de um grande hematoma ou pequenos pontos roxos se for um vasinho menor.

Não seria algo tão grave, mas eu também não gostaria de ocasionar isso, porque a ideia é que o paciente saia daqui e possa seguir com a vida normal, sem necessidade de afastamento das atividades ou tempo de recuperação.

Manejando as complicações

A gente tem que trabalhar com meta zero de complicações, mas caso elas aconteçam, o médico tem que estar treinado para identificar o que houve e como agir imediatamente.

A gente precisa de toda essa formação, muito estudo, muito tempo, muita dedicação para poder oferecer o melhor para os pacientes.

A segurança precisa estar em primeiro lugar. Uma seringa com uma agulha é o momento final de todo um preparo que se deu ao longo de muito tempo para que aquela intervenção pudesse ser realizada.

Então se você tem alguma insatisfação que gostaria de tratar, mas tem medo de fazer o procedimento, entre em contato com a gente e vamos sanar todas as suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *