dermatologista curitiba

Sustentação facial para rejuvenescimento

Os preenchedores e volumizadores, como ácido hialurônico são usados com frequência para fins estéticos e de rejuvenescimento. Até hoje, entretanto, eles se limitavam a preencher lábios, maçãs do rosto e rugas, como o bigode chinês. Muitas vezes, o resultado é satisfatório momentaneamente; mas outras vezes o paciente acaba tendo sua estrutura facial modificada na busca pelo rejuvenescimento. “É comum vermos pacientes que tinham um rosto em determinado formato e, agora, após procedimentos estéticos, estão com maçãs do rosto sobressalentes e acabaram mudando completamente sua aparência. Eles não estão mais jovens, elas estão irreconhecíveis, são outra pessoa”, comenta a dermatologista Annia Cordeiro, diretora da Clínica da Pele Annia Cordeiro, de Curitiba.

Na contramão dessa ideia, a dermatologista explica que agora se compreende um novo uso dos preenchedores e volumizadores: o de reestruturar a pele, oferecendo sustentação ao rosto para combater os sinais do envelhecimento. “O envelhecimento na face acontece por causa da flacidez, perda de fibras de colágeno e elastina e também pela perda óssea e de gordura que resulta na diminuição do volume facial. A técnica visa usar o ácido hialurônico como uma espécie de fixador das camadas da pele no lugar onde deveriam estar, oferecendo sustentação”, explica a especialista. O resultado é que o rosto “sobe” e volta a ter o aspecto que tinha anos antes de a flacidez começar.

“O sinal de beleza é manter os contornos faciais e os volumes nos lugares e nas proporções certas. Manter ou resgatar a anatomia natural da face é o grande objetivo do rejuvenescimento.”

Para isso, são analisados pontos específicos do rosto e o preenchimento é feito de maneira gradativa e cuidadosamente calculada. “São os chamados pontos de sustentação. Muitas vezes, o paciente se incomoda com uma ruga no canto da boca ou com o pescoço e, tratando a partir da lateral do rosto, todo o conjunto passa a ter diferença.”

A técnica apresenta resultados imediatos que ainda vão sendo aprimorados por mais algumas semanas. A duração média dos resultados é de um ano e meio e o tratamento pode ser feito a partir dos primeiros sinais de envelhecimento. “Quanto menos sinais, melhores e mais rápidos os resultados serão.”

Efeito lifting
Associar técnicas é um dos procedimentos indicados pela Dra. Annia para um resultado mais completo. “Com o passar do tempo, os músculos que puxam para baixo ficam mais forte e os músculos que puxam para cima, mais fracos. É interessante usar o ácido hialurônico para sustentar os músculos enfraquecidos mantendo a sustentação e a toxina botulínica para paralisar os inferiores”, recomenda.

A toxina também pode ser utilizada no pescoço e todo tratamento pode ser associado à técnicas que utilizam ultrassom microfocado e às que estimulam a produção do colágeno.

“É importante que o paciente lembre que ter o rosto sem nenhuma ruga não é sinal de beleza e não é o que vai deixar aparência mais jovem. É importante observar contornos, volumes e proporções faciais para garantir o rejuvenescimento com aspecto natural.”

2 ideias sobre “Sustentação facial para rejuvenescimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *